O PODER DA FÉ
"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus"
Rm 10-17

Artigos em PDF

Criamos arquivos em PDF de nossos artigos para que você possa ler, baixar ou compartilhar. Acreditamos que esses artigos poderão ajudar em muito seu crescimento cristão.

Cadastre-se

Informe aqui seu email e receba notificações de novos artigos em nosso site.


Informe o que você procura:

Por Que Tanto Ódio Aos Judeus?

Sábado, 26 de Junho de 2010

Poucos séculos depois da morte e da ressurreição de Jesus, muitos dos chamados pais da Igreja pareciam já ter-se esquecido de que o Salvador deles, a mãe, Maria, e o pai terreno, José, bem como todos os apóstolos, e todos os autores do Novo Testamento, com exceção possível de um só, bem como a esmagadora maioria dos membros da Igreja primitiva, eram judeus.

Esses pais da Igreja começaram a dizer, em seus sermões, nos templos cristãos - quase todos com nomes de judeus - que Deus havia amaldiçoado para sempre os irmãos físicos de Jesus, que O haviam rejeitado totalmente como o Messias. E passaram a ensinar que a Igreja do Novo Testamento é o novo Israel, que tinha suplantado totalmente o antigo Israel.

E a Igreja aceitou essa interpretação como verdadeira, a despeito das evidências contextuais espalhadas pelo Novo Testamento, que mostram os gentios como participantes das bênçãos do pacto de Deus, o termo ISRAEL continua referindo-se, exclusivamente ao povo judeu.

Aqueles mesmos líderes eclesiásticos, ao que tudo indica, esqueceram-se do fato que muitos milhares de judeus aceitaram o seu compatriota judeu, YESHUA, como o Messias, antes mesmo dos gentios terem tido a oportunidade de ouvir o Evangelho. Todos nós sabemos, por meio do livro de Atos, no Novo Testamento, que, nos anos que se seguiram à ascensão do Senhor Jesus, "crescia a palavra de Deus, e, em Jerusalém, se multiplicava o número dos discípulos; também muitíssimos sacerdotes obedeciam à fé" (Atos 6.7). E mesmo antes disso, logo após a crucificação de Jesus, muitos judeus simpatizavam com Ele, lamentando-se e pranteando profundamente em face de Sua morte.

Lucas deixou registrado que, depois de ter sido Jesus crucificado, quando as trevas caíram por todo o país, "todas as multidões, reunidas para este espetáculo, vendo o que havia acontecido, retiraram-se a lamentar, batendo nos peitos" (Lucas 23.48). E isso, como é lógico, também foi sinal de profundo remorso. No entanto, nos escritos de muitos dos antigos pais da Igreja, as multidões judaicas foram retratadas como totalmente malignas, que insultavam ao Senhor, enquanto Ele era conduzido ao Calvário.

Edward Flannery salientou que pais da Igreja como ORÍGENES, JUSTINO MÁRTIR e CRISÓSTOMO parecem ter pensado que nenhum judeu jamais chegou a confiar em Jesus como seu Salvador. Os fariseus e os sacerdotes do judaísmo eram retratados somente como indivíduos coniventes e totalmente hostis ao Evangelho. Os pais da Igreja lançavam mão de declarações selecionadas, feitas pelo apóstolo Paulo, para atacar esses grupos, ignorando o próprio testemunho de Paulo de que ele se ufanava de sua herança judaica, incluindo o fato que fora criado como fariseu.

Nicodemos, um dos líderes fariseus da época de Paulo, confessou a Jesus que muitos de seus contemporâneos se admiravam do rabino da Nazaré: "Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém poder fazer esses sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele" (João 3.2).

Muito dos pais da Igreja parece que supunham que nenhum daqueles referidos por Nicodemos, e nenhum dos que contemplaram a crucificação de Jesus e voltaram batendo no peito, acabou seguindo ao longamente esperado Messias de Israel.

Naturalmente, mesmo que nenhum desses tenha crido, ainda assim não há base, nas Escrituras cristãs, para ataques violentos contra o povo judeu.

O afeto de Paulo por seus conterrâneos e pela religião deles, expresso em sua epístola aos Romanos, não foi emulado por aqueles antigos líderes da Igreja Romana.

Ao invés disso, exibiram inimizade, hostilidade, e, finalmente, o ódio mais aberto contra os judeus. Paulo ensinou que a rejeição divina, àqueles dentre os judeus que não creram, deu motivo ao "enriquecimento dos gentios", que tinham sido enxertados, na boa oliveira de Israel, como "ramos de oliveira brava".

Como a igreja gentílica poderia ter sido enxertada em uma árvore que, supostamente, fora arrancada pela raiz?

Muitos dos falsos sucessores de Paulo, ao que parece, queriam destruir as raízes judaicas da árvore, juntamente com os ramos rejeitados, aparentemente ignorando o fato que uma árvore sem raízes está prestes a morrer.

A destruição da nação judaica na Judéia, pelos romanos, no ano de 135 d.C., foi merecida, escreveu Justino a um rabino não identificado no seu "Diálogo com Trifo".

Justino, em seu Diálogo, escreveu: "Isso porque vocês assassinaram o Justo". Esse tema, pois, haveria de reverberar com frequência através da história das perseguições cristãs contra os judeus.

O próprio fato de Jesus ter ensinado que Ele precisava morrer a fim de redimir a humanidade, de alguma maneira escapou à atenção dos perseguidores gentios, juntamente com o fato que foram os soldados romanos que, na verdade, crucificaram ao Senhor Jesus.

Orígenes concluiu que os judeus "jamais serão restaurados à sua condição anterior. Pois eles cometeram um crime da categoria mais repelente, ao conspirarem contra o Salvador da raça humana". Sem dúvida, isso esquece o ensino de Paulo que os gentios cristãos não devem portar-se com arrogância contra os ramos judeus, retirados da oliveira, pois "Deus é poderoso para os enxertar de novo" (Romanos 11.23).

Com relação ao conhecido "pai" da Igreja João Crisóstomo (344 - 407 D.C.), não houve quem se igualasse a ele quanto ao veneno de seus ataques contra o povo judeu. Ele os chamou de "sensuais, gananciosos, cobiçosos, bandidos traiçoeiros, assassinos inveterados, destruidores, homens possessos pelo diabo", dotados das "maneiras dos porcos e dos bodes sensuais". Isso não é invenção nossa, está contido nos seus escritos. E mais, os judeus, segundo ele, "adoram ao diabo", e a religião deles é uma "doença". E teriam caído em um estado tão aviltado por terem "assassinado odiosamente a Cristo". Por conseguinte, Deus odeia aos judeus, os quais permanecerão para sempre sem o templo, jamais voltando a tornar-se uma nação soberana. E se tudo isso não despertasse conclusões óbvias entre seus ouvintes cristãos, Crisóstomo mostrou-se ainda mais explícito ao exortar os cristãos a uma perpétua "guerra santa" contra os judeus: "Aquele que nunca poderá amar bastante a Cristo, poderá compensar isso mediante a guerra contra aqueles que O odeiam.

Fica aqui a pergunta: Como podemos odiar os judeus, se a salvação vem dos judeus?

Declarações dessa ordem seriam de um interesse histórico meramente marginal não fora o horrendo e trágico fato que muitos líderes e leigos cristãos usaram-nas como base para perseguirem e mesmo matarem a seus vizinhos judeus. E pouco atenua o fato que houve hostilidade da parte dos judeus contra os cristãos, anterior às perseguições dos cristãos contra os judeus, conforme Justino Mártir argumentou em seu livro "Diálogo com Trifo". Pois, afinal, os cristãos, e não os judeus incrédulos, é que seriam os portadores da revelação sobre o Messias. Os cristãos é que dispunham dos elevados padrões morais e éticos do judeu Jesus para emular, e não os judeus incrédulos.

Naturalmente, sempre houve cristãos, que, no decurso dos séculos, seguiram os ensinos e o exemplo do amor, compaixão e perdão do Messias, ao tratarem com seus vizinhos judeus. Mas, como sucedeu na Alemanha nazista, tais indivíduos foram sempre relativamente poucos. E quase todos eles foram forçados a agir contra os ensinos da Igreja oficial e contra as leis do estado, a fim de poderem cumprir o mandamento de Cristo, que diz: "Ama a teu próximo como a ti mesmo".

Amigo, se você ainda é daqueles que foram ensinados pela tradição (tataravós, bisavós, avós ou pais), que os judeus "não valem nada", que eles são os culpados pela morte de Jesus, que eles são "raça ruim" ou coisa parecida, guarde bem no seu coração esta promessa eterna de Deus para todo ser humano que já pisou neste planeta:

"Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem" (Gênesis 12.3).

Deus está falando aqui do povo judeu.

Jamais se esqueça disso.

adailcampelo@hotmail.com


Artigos em Ordem Alfabética

A Aparição Gloriosa807A Bíblia e o Espelho822A Bomba Atômica de Deus856A Candeia do Corpo é o Olho845A Ceia do Senhor801A Conspiração da Páscoa810A Esperança do Servo de Deus926A Fé Cristã499A Grande Diferença801A Igreja Não É Israel799A Importância da Doutrina da Trindade816A Inocência Perdida755A Oração Eficaz910A Pérola de Grande Valor747A Questão do Sábado782A Ressurreição Corporal de Jesus e a Doutrina da Reencarnação802A Sincera Dependência de Deus771A Trindade e a Lógica Humana365A Verdadeira Paz781A Volta de Cristo786A Volta de Jesus 837Abra a Boca946Adoração Verdadeira!726Ajuda? Só de Deus813Ânimo Em Meio às Aflições782Anjos758Apelo à Suprema Corte dos Céus736Aquele Que Faz a Vontade de Deus851Arrependimento e Remorso São Duas Coisas Diferentes786As Rezas Portáteis e o Agnus Dei1426Bênçãos Duradouras 805Carnaval - Caminho dos Tolos748Chamando Todos Os Pecadores751Como Detectar Uma Heresia769Como Estudar a Sua Bíblia845Como Nós Conhecemos a Deus?734Compromisso Com Deus973Confirme a Sua Reserva754Conhecimento da Verdade748Crescimento da Igreja e Salvação749Cristão Não Sofre846Cristianismo Apóstata758Cristo No Antigo Testamento774Críticas Ou Calúnias?748De Quem é a Terra Prometida?788Depressão: Como Sair?797Desobediência918Deus Age Na Nossa Fraqueza747Deus Em Tudo e Em Lugar Nenhum775Deus Manda, o Diabo Obedece333Deus Não É Mudo!759Deus, Irrelevante? Acredite, Se Quiser!746Deus, Os Sábios, e Estadistas753Dificuldades735Dízimos869Drogas, Uma Opção?777E Quando Deus Não Atende Nossa Oração?3811Encontrando Um Parceiro Ideal Para o Casamento757Enviados Para Iluminar765Erro Trágico759Eternamente Protegidos!708Eu Creio Em Milagres745Evidências do Novo Nascimento813Feiticeiros Na Igreja?819Filhos: Honra Teu Pai e Tua Mãe782Fui Comprado Por Jesus, e Você?737Guardemos Nossa Boca766Guiados Pelo Espírito Santo759Haja Paciência!765Igrejas Velhas Não Valem Nada762Imundície785Insatisfeito Com Sua Igreja?757Jejum, Uma Benção!768Jerusalém, a Cidade de Deus808Jerusalém, o Centro da Terra803Jesus Cristo Não Era Falho?740Jesus é o Santo Para Todos Os Problemas830Jesus, Nomes e Títulos755Jesus, Reencarnação de Davi?801Jonas, Verdade Ou Utopia?796Lágrimas786Lar Cristão: Marido e Mulher754Lave o Rosto757Loucos Por Dinheiro784Louvando a Deus Na Adversidade759Maldição Hereditária822Maomé X Jesus812Meios de Salvação778Não Zombe do Inferno785No Esconderijo do Altíssimo!749Nós e Os Ramos751Nova Era - o Velho Canto da Sereia769O Abc e Xyz da Salvação815O Batismo753O Céu e o Inferno745O Céu É Real752O Dízimo É Bíblico Ou Não?760O Dom do Espírito Santo736O Grande Mandamento, o Amor!771O Incompreensível Amor de Deus739O Movimento de Crescimento de Igrejas767O Não Querido das Nações748O Novo Nascimento Em Cristo751O Ocultismo Não Vem de Deus776O Olhar Perfurante de Jesus1234O Paraíso Será Restaurado751O Plano Divino da Salvação325O Que Fazer Quando Não Sei o Que Fazer?759O Que Fazer Quando Nossos Projetos Falham?449O Sofrimento de Cada Dia745O Valor do Perdão771Olhe Para Jesus Cristo Para Ser Salvo785OraÇÃo, Falar Com Deus!755Orai Sem Cessar878Os Crentes e a Grande Tribulação776Os Illuminati e a Nova Ordem Mundial755Palmeiras Ao Vento758Pare de Lutar Com Deus754Pecado e Perdão777Piercing e Tatuagem 861Por Que Celebramos a Páscoa?748Por Que Deus Justo e Perfeito Permite a Morte de Criancinhas e Tantas Mazelas No Mundo?738Por Que Os Judeus Não Receberam Jesus?762Por Que Somos a Última Geração824Por Que Tanto Ódio Aos Judeus?757Por Que Tanto Sofrimento?790Por Que Um Deus Bom Permite a Doença e a Dor?745Problemas Financeiros: a Solução738Protelar Por Que?750Quando770Quando a Sua Religião Se Torna Inútil420Que Deus Tremendo!758Que Livro Maravilhoso774Quebra de Maldição770Quem Será o Cruel Anticristo?722Raízes Profundas711Religião É Um Barco Furado750Religiões - Conheça a Verdade739Religiões: É Tudo Parecido?743Remissão dos Pecados771Ressurgir do Pó737Sepulcros Caiados742Ser Cristão705Será Que o Espiritismo é Bíblico?770Sinais728Sinais do Fim750Sinceridade Não Basta722Sintonize752Sob a Lei e Em Cristo787Sola Scriptura - Somente As Escrituras753Subir Ao Monte749Temos de Pregar Para Os Mortos753Três Ausências Que Conspiram Contra o Sucesso 763Tsedaká756Um Best-seller de Bênçãos!770Um Coração Apto Para Deus739Um Exemplo Ante o Sofrimento758Um Seguro de Vida Gratuito783Uma Mulher Vestida de Sol831Você Não Sabe o Que Está Perdendo747