O PODER DA FÉ
"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus"
Rm 10-17

Artigos em PDF

Criamos arquivos em PDF de nossos artigos para que você possa ler, baixar ou compartilhar. Acreditamos que esses artigos poderão ajudar em muito seu crescimento cristão.

Cadastre-se

Informe aqui seu email e receba notificações de novos artigos em nosso site.


Informe o que você procura:

Feiticeiros Na Igreja?

Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

Está escrito: "Ficarão de fora (do Céu) os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo aquele que ama e pratica a mentira" (Apoc 22.15). Esta palavra se refere às pessoas dentro da igreja.

Um certo número de feiticeiros (ou macumbeiros) convertidos está saindo pelo país atualmente, avisando que os satanistas e os praticantes da feitiçaria estão se infiltrando nas igrejas -- especialmente nas igrejas pentecostais. Alguns destes antigos bruxos lançaram livros e sites na Internet em que contam a respeito de uma trama diabólica feita por estes grupos do mal, para entrar nas igrejas fazendo-se passar por cristãos super-espirituais. O seu propósito é enganar e fazer naufragar os pastores, e levar multidões de cristãos ingênuos para o culto ao ocultismo.

Muitos destes feiticeiros(as) do maligno, dizem, já estão firmemente estabelecidos em numerosas igrejas, controlando tanto o pastor quanto a congregação, e causando grandes confusões, corrupção, divórcios - e até morte.

Amados irmãos, nós do Corpo de Cristo não tenhamos a ousadia de permitir que o poder do diabo seja exaltado na casa de Deus! O poder dele é limitado, e não atravessa a muralha de fogo do Espírito Santo. Quando os discípulos foram enviados com poder para curar os enfermos e levantar os mortos, voltaram em júbilo: "Senhor, os próprios demônios se nos submetem pelo teu nome!" (Lucas 10: 17).

O único tipo de pastor que pode ficar sob o controle de uma bruxa ou um bruxo é aquele que tem prazer no pecado oculto - que é impulsionado pela ganância ou pelo sucesso, ou que tenha traído o Senhor através da incredulidade ou da negligência! Um homem de Deus que tenha mortificado os feitos da carne e maneja bem a espada do Senhor, reconhecerá de imediato o inimigo. Vai discernir todas as armadilhas e resistirá contra o iníquo, como Paulo fez com a feiticeira em Filipos.

Eis o que aconteceu: uma escrava possuída pelo diabo - ou seja, uma feiticeira com espírito de adivinhação - tentou se infiltrar dentro do ministério de Paulo! Ela seguia Paulo e os seus companheiros gritando: "Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação" (Atos 16:17). Mas o espírito de Paulo se indignou. Ele discerniu que a moça não era convertida e que não tinha o direito de tocar nas coisas santas. Ele percebeu uma armadilha. Então se virou e disse ao espírito maligno nela: "Em nome de Jesus Cristo, eu te mando: retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu" (Atos 16:18).

Paulo não se abalou com os poderes demoníacos. Estava sendo guiado pelo Espírito Santo e estava pleno da Palavra de Deus. Mas a Bíblia fala de um grupo de supostos ministros que foi atacado - literalmente - e vencido por um demônio. Eram os sete filhos de Ceva. Quando tentaram expulsar o demônio de um homem, o espírito maligno pulou sobre eles, rasgou suas roupas e eles fugiram pelas ruas em pânico -- tudo porque não conheciam a Jesus. Eles não estavam plenos de Cristo!
Aqueles que andam em santidade resistem ao diabo.

Os ministros do evangelho que caem em pecado profundo não têm exatamente um demônio que "pula" em cima deles; a sedução não provem de uma feiticeira. Eles se desviam pelas próprias cobiças e desejos! Eles se desligam do solo santo e começam a atravessar o território do diabo!

Nenhuma congregação que ande na santidade e no temor de Deus pode ser iludida ou controlada por bruxas ou maus espíritos. Só as igrejas obcecadas pelo prazer e que rejeitam a Bíblia e a santidade estão abertas às tentativas de Satanás para entrar.

Em qualquer lugar onde a Palavra de Deus for exaltada, em qualquer lugar em que as pessoas se separarem da corrupção e do mundo, onde for que haja arrependimento verdadeiro e obediência ao Espírito Santo - lá Jesus Cristo sempre manifestará a Sua presença!

Uma congregação que se banha na presença de Jesus não precisa berrar ordens aos poderes do mal. O próprio poder de Jesus leva embora tudo que for do mal! Satanás e as suas hostes malignas simplesmente não coexistem com a presença de Cristo. Resistimos ao diabo estando cheios de Jesus - por vivermos e adorarmos na Sua presença!

Será que na verdade há igrejas e pastores hoje em dia caindo sob o controle de bruxas e de demônios? Certamente que sim!

Amado, seja cuidadoso quanto à igreja que você vai! Cuide em ter discernimento e estude bastante a sua Bíblia, pois um pastor que tenha se aberto a Satanás, pode descerrar o seu coração para os poderes demoníacos.

Porém esta mensagem refere-se a um tipo de feitiçaria que ainda é mais perigoso do que isto . É muito mais sutil.

Ela é trazida à igreja não por pastores malévolos ou pelas feiticeiras - mas por multidões de cristãos que não sabem que estão sob o efeito de feitiçaria!

O tipo de feitiçaria que desejo expor está presente em todas as igrejas do mundo, em maior ou menor extensão. Pode ser só uma semente - mas mesmo assim está presente.

A gente pode perguntar: "Como o diabo pode enganar os eleitos de Deus? Será com seduções do ocultismo?" Não! Isto seria muito óbvio. Facilmente reconheceríamos os artifícios de Satanás nesta área. Não, ele chega de outra maneira. O ataque dele é tão sutil que só poucos cristãos conseguem reconhecer.

Está revelado em I Samuel 15: 22-23: "Eis que obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação (teimosia) é como a idolatria e culto a ídolos do lar". A Bíblia descreve aqui uma feitiçaria muito mais perigosa do que o ocultismo. Ela controla mais pastores e congregações que qualquer outro tipo de influência demoníaca. Trata-se da rebeldia contra a Palavra de Deus!

Jesus nos dá uma parábola que expõe esta feitiçaria!

"...Havia um homem, dono de casa, que plantou uma vinha. Cercou-a de uma sebe, construiu nela um lagar, edificou-lhe uma torre e arrendou-a a uns lavradores. Depois, se ausentou do país. Ao tempo da colheita, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os frutos que lhe tocavam. E os lavradores, agarrando os servos, espancaram a um, mataram a outro e a outro apedrejaram. Enviou ainda outros servos em maior número; e trataram-nos da mesma sorte. E, por último, enviou-lhes o seu próprio filho, dizendo: A meu filho respeitarão. Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; ora, vamos, matemo-lo e apoderemo-nos da sua herança. E, agarrando-o, lançaram-no fora da vinha e o mataram. Quando, pois, vier o senhor da vinha, que fará àqueles lavradores? Responderam-lhe: Fará perecer horrivelmente a estes malvados e arrendará a vinha a outros lavradores que lhe remetam os frutos nos seus devidos tempos" (Mateus 21: 33-41).

Esta parábola é mais do que se recontar como os judeus rejeitaram o apelo de Deus, vindo do céu -- de como seriam postos de lado e os gentios passariam a ser os lavradores. É também a respeito de uma grande batalha sobrenatural em relação à uma herança. É uma batalha entre o poder de Jesus Cristo e o poder de Satanás pelas almas e pela fidelidade da humanidade à uma causa. É a respeito de quem vai governar e reinar nos corações dos escolhidos de Deus! E amado, ou você está sob o poder de Jesus Cristo ou então sob a influência de Satanás!

Veja, esta parábola é sobre como um povo de Deus pode se tornar enfeitiçado pelo diabo e acabar totalmente possuído por um espírito anti-Cristo. Cristo aqui está falando a respeito da forma mais poderosa de feitiçaria - a rebeldia contra a verdade!

Eis a chave para a parábola: "Este é o herdeiro; ora, vamos, matemo-lo e apoderemo-nos da sua herança" (verso 38). Este é o diabo falando! "Vamos criar uma rebelião contra o Filho! Vamos crucificá-Lo! Nós assumiremos o controle!"

É verdade que quando os fariseus ouviram esta parábola, "entenderam que era a respeito deles que Jesus falava" (v. 45). Mas Jesus está falando também para a Sua igreja! Em Hebreus 6:5, encontramos pessoas que "provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro..." Eles se rebelaram contra a boa palavra que ouviram, e como resultado, "de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia" (verso 6).

Quem está crucificando Cristo mais uma vez, expondo-O ao vitupério diante do mundo inteiro? São as feiticeiras? Os satanistas? Os homossexuais? Os assassinos? Não!

São aqueles que ouviram, experimentaram e participaram da verdadeira Palavra de Deus -- e aí permitiram que um espírito de rebeldia fincasse raízes! Satanás se instalou, e eles acabaram possuídos -- crucificando Cristo!

Crente, digo-lhe na autoridade da palavra de Deus que enquanto você tiver este espírito de rebeldia em si, é impossível Deus lhe reviver ou renovar! "É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo...e caíram, ... é impossível outra vez renová-los para arrependimento" (versículos 4, 6).

Eu creio que isto significa que o arrependimento não tem nenhum efeito naqueles que estão em rebeldia contra a Palavra!

Olhemos mais de perto para esta forma de feitiçaria na igreja.

Quero lhe falar sobre o envenenamento com o "fel da amargura". Pedro utilizou esta expressão ao repreender Simão, um novo convertido que havia oferecido dinheiro em troca do poder do Espírito Santo, para impor as mãos sobre as pessoas para os batismos e milagres.

"Vendo, porém, Simão que, pelo fato de imporem os apóstolos as mãos, era concedido o Espírito [Santo], ofereceu-lhes dinheiro, propondo: Concedei-me também a mim este poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo. Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois julgaste adquirir, por meio dele, o dom de Deus. Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, da tua maldade e roga ao Senhor; talvez te seja perdoado o intento do coração; pois vejo que estás em fel de amargura e laço de iniquidade" (Atos 8: 18-23).

"Fel" aqui significa inveja -- um veneno perigoso. E Simão estava infectado por ele! Creio que ele também possuía um coração que desejava ajudar as pessoas, o que ajudava a disfarçar a sua condição. O versículo 13 diz que ele creu, foi batizado e "acompanhava a Filipe de perto, observando extasiado os sinais e grandes milagres praticados".

Algo mortal jazia encoberto! O tempo todo Simão dizia para si: "Eu também consigo fazer isto! Tenho recursos. Sinto as pessoas. Dêem-me uma chance!"

Simão possuía uma mistura perigosa no interior de seu coração. Tratava-se de um desejo de ser usado por Deus - mesclado com o desejo de ganhar proeminência! Verdadeiramente desejava que Deus o usasse, mas precisava também de reconhecimento. Desejava poder e destaque, sem pagar o preço certo! Queria um atalho. Desejava aparecer.

Assim é hoje na obra de Deus. Muitos tentam pegar atalhos para chegar à uma posição de poder e de atividade. Oferecemos os nossos talentos e as nossas habilidades para o Senhor - mas se você possui o talento e não possui um coração de servo, Deus não pode usá-lo! Lamentavelmente há muitos crentes neófitos em posição de destaque nas igrejas fazendo grande mal para si mesmos e para os outros. E o pior de tudo é que todos eles se desviam em pouco tempo. E de quem é a culpa? Dos "pastores" que lhes deram destaque.

Em sua terceira epístola, João conta de um homem chamado Diótrefes "que gosta de exercer a primazia entre eles" (3 João 9). Quando não faziam o que ele queria, ficava "proferindo contra" os irmãos palavras maliciosas. Quem faz isto é aquele que fica fuxicando sobre ninharias. Diótrefes era ofendido pela mensagem de João, e começou a inventar boatos. A sua vaidade tinha sido alfinetada, o seu orgulho, ferido. Então ele saiu contando uma história de haver sido ofendido por outros servos de Deus. Ele rompeu a paz dos irmãos e levou muitos para o seu lado.

Não se tratava de pecado grosseiro; não se tratava de erro doutrinário. Tratava-se do pecado da impaciência! Ele não conseguia esperar que Deus realizasse a obra. Ele desejava proeminência -- e provavelmente soava muito bem ao falar! Queria logo "aparecer".

"...o espírito abatido quem o pode suportar?" (Provérbios 18:14). Como que os israelitas do tempo de Isaías ficaram tão decadentes, tão desviados, tão rebaixados em tão pouco tempo? Isaías explica isto: "Desde a planta do pé até à cabeça não há nele cousa sã, senão feridas, contusões e chagas inflamadas, umas e outras não espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo." (Isaías 1:6).

O profeta prossegue prevenindo o povo de Deus, o qual tinha feridas abertas, chagas e contusões. Ele diz que enquanto eles continuassem sangrando, com sangue nas mãos, Deus não poderia ouvi-los nesta situação: "...quando estendeis as mãos, escondo de vós os olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue" (verso 15).

De qual sangue Deus está falando? Do seu! Você está sangrando de uma ferida aberta em seu coração! Está esvaindo sangue! Você precisa de cura! Você precisa amolecer as suas feridas com o óleo do Espírito Santo! Você precisa urgentemente aprender com Jesus a ser manso e humilde de coração.

Contudo, muitos não correm para o Mestre para serem curados e não percebem que Satanás está tentando lhes carregar para a feitiçaria da rebeldia. Entenda, Deus não vai ouvir a voz que implora mas não aceita o Seu livramento!

Quero lhe mostrar o quanto a rebeldia é perigosa, e porque Deus a chama de feitiçaria: os lavradores da parábola são os filhos de Deus. Estavam envolvidos no trabalho religioso. Como que um fariseu reto - que dava o dízimo de cada folha de menta do jardim, que amava os seus filhos, que viajava o mundo todo só para fazer um convertido, que passava os sábados estudando cuidadosamente a lei - poderia se transformar numa pessoa tão perversa? Como que estes lavradores podiam com o tempo acabar matando, roubando e crucificando?

Estavam enfurecidos! Tinham assassinato nos corações. Isto não vem da carne -- isso é demoníaco! Apedrejavam os mensageiros da lei! Sabiam o que se esperava deles - mas uma vez tendo se rebelado contra a palavra de Deus, a amargura criou raízes em seus corações.

Amado, a amargura cega! Você perde a visão espiritual na medida do crescimento da amargura. Quanto mais a amargura cresce, mais cresce a cegueira. Deixe que a raiz de amargura se infecte - permita que a ferida gangrene; permita que a chaga dissemine o veneno por toda a sua alma, e você vai acabar igual a estes fariseus violentos; tão cegos que finalmente crucificaram o Filho de Deus!

Se você continuar no fel da amargura, vai acabar junto à outras almas amargas, na conversa fiada; jogando pedras contra os santos servos de Deus, falando mal da igreja e representando o papel de um pobre mártir incompreendido. Vai acabar nas reuniões do fel, onde os outros compartilham das sua rebelião, colocando culpa no seu pastor.

Se você continuar no fel da amargura, abrirá o seu próprio coração e a sua própria alma à possessão demoníaca! Se tornará o porta-voz do diabo. Sua língua se transformará na lança que fura o lado de Cristo. Você vai pendurá-Lo como vergonha devassada diante de todos os que lhe conhecem. E calará as vozes de todos os pregadores e profetas!

A obra de Deus continuará, com outros lavradores desejando obedecer. Deus lhe dirá o que Pedro disse a Simão: "Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus" (Atos 8:21).

Será que alguém na casa de Deus lhe ofendeu? Você tem raiz de amargura? Em nome de Jesus: corra para Aquele que cura todas as feridas e peça-Lhe que a arranque desde a base!

"Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda a malícia" (Efésios 4:31). Pare -- já!
A feitiçaria da rebelião acaba em uma falta de respeito por Jesus.

"E por último enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho" (Mateus 21:37).

A aplicação imediata desta parábola era para os fariseus e os líderes religiosos a quem Jesus se dirigia. Eles haviam fechado os ouvidos para os profetas e para os vigias que Deus havia lhes enviado com tanta freqüência. "Por isso, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas. A uns matareis e crucificareis; a outros açoitareis nas vossas sinagogas e perseguireis de cidade em cidade" (Mateus 23:34).

Jesus estava trazendo esta parábola para expor o plano de Satanás. Tentava mostrar que uma conspiração estava por trás da falta de respeito que tinham por Ele - e do bloqueio que faziam à Sua verdade!

Cristo havia lhes dito que a rebeldia deles os havia transformado em filhos de Satanás: "Qual a razão por que não compreendeis a minha linguagem? É porque sois incapazes de ouvir a minha palavra. Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos...Mas, porque eu digo a verdade, não me credes" (João 8: 43-45).

A mensagem era esta: "Vocês ficaram amargos, rebeldes! Abriram a alma para o diabo. Ele lhes encheu de feridas, contusões, chagas em putrefação -- e agora estão cheios de morte. Em seus corações há violência. Vocês não suportam ouvir nada do que digo".

"Agora, nenhum profeta vai conseguir lhes alcançar, nenhum vigia! Nem mesmo Eu posso lhes tocar. Vocês estão dando a minha herança para Satanás! Vocês deveriam ser o meu povo, mas não quiseram. Venderam-se para o inimigo. Vocês desprezaram a minha autoridade!" Os lavradores não O respeitaram. Eles se rebelaram e O mataram. Mas Satanás não ganhou a herança -- um Cristo resurrecto a deu a outros.

Vendo estes fariseus, é preciso fazer uma avaliação. Por que mostraram tanto desrespeito por Jesus? Por que a falta de reverência? Por que não conseguiam nem ouvir e nem entender as Suas palavras? Por que tanta cegueira?

Hoje, muitos na casa de Deus sofrem de uma cegueira ainda maior. O Espírito Santo chega a nós, desejando mostrar o significado de tudo que Jesus nos disse. Ele nos convence do pecado. Fomos trasladados das trevas para a Sua luz. Por que, então, tantos dentro da igreja ainda andam sob encantamento de feitiçaria: continuam tagarelando, amargos e feridos -- continuam presos a esse espírito de rebeldia?

Uns já foram longe demais, como aqueles fariseus: "Fará perecer horrivelmente a estes malvados" (Mateus 21: 41). Outros estão afundando mais e mais no laço do diabo, e só um raio do céu pode despertá-los para o perigo!

Você simplesmente não vai poder continuar com raiz de amargura. Você não pode continuar roxo de inveja e de ciúmes. Você não pode continuar magoado e ferido, culpando o pastor e os outros. Você não pode continuar menosprezando a nítida mão de Deus -- a menos que tenha perdido o seu respeito por Jesus!

Jesus está à porta do seu coração agora mesmo. Está dizendo: "O Pai Me enviou. Mostre-Me os seus frutos, a sua obediência! Você foi plantado em solo bom; você teve tempo para crescer. Que tipo de colheita você representa para Mim?"

Respeito por Jesus não é uma emoção; não se trata de palavras. Respeito e reverência significam fazer o que Ele mandou! Significa obedecer a Sua palavra, deixando de lado as mágoas e se colocando inteiramente nas Suas mãos.

Se você mantiver esta mensagem ainda preso às suas feridas, agarrado ao ressentimento, justificando a amargura, você não só desrespeita a Cristo como também O expõe como vergonha pública, e O crucifica novamente.
Graças a Deus, ainda há esperança para os rebeldes. Ela se encontra no Salmo 107.9-14:

"Pois dessedentou a alma sequiosa e fartou de bens a alma faminta. Os que se assentaram nas trevas e nas sombras da morte, presos de aflição e em ferros, por se terem rebelado contra a palavra de Deus e haverem desprezado o conselho do Altíssimo, de modo que lhes abateu com trabalhos o coração - caíram, e não houve quem os socorresse."

"Então, na sua angústia, clamaram ao Senhor, e ele os livrou das suas tribulações. Tirou-os das trevas e das sombras da morte e lhes despedaçou as cadeias". Você foi "abatido" pela sua rebeldia, pela sua amargura? Clame ao Senhor dos Exércitos por uma libertação divina! Deixe que Ele despedace as cadeias demoníacas que envolvem o seu coração -- que lhe retire da sombra da morte e o transporte para a Sua maravilhosa luz. Não sejamos, pois, rebeldes à Palavra de Deus. Jesus está voltando!

adailcampelo@hotmail.com


Artigos em Ordem Alfabética

A Aparição Gloriosa806A Bíblia e o Espelho819A Bomba Atômica de Deus853A Candeia do Corpo é o Olho841A Ceia do Senhor797A Conspiração da Páscoa809A Esperança do Servo de Deus923A Fé Cristã495A Grande Diferença798A Igreja Não É Israel797A Importância da Doutrina da Trindade813A Inocência Perdida752A Oração Eficaz909A Pérola de Grande Valor744A Questão do Sábado779A Ressurreição Corporal de Jesus e a Doutrina da Reencarnação798A Sincera Dependência de Deus767A Trindade e a Lógica Humana362A Verdadeira Paz777A Volta de Cristo782A Volta de Jesus 836Abra a Boca942Adoração Verdadeira!723Ajuda? Só de Deus809Ânimo Em Meio às Aflições778Anjos754Apelo à Suprema Corte dos Céus733Aquele Que Faz a Vontade de Deus848Arrependimento e Remorso São Duas Coisas Diferentes783As Rezas Portáteis e o Agnus Dei1422Bênçãos Duradouras 802Carnaval - Caminho dos Tolos746Chamando Todos Os Pecadores748Como Detectar Uma Heresia766Como Estudar a Sua Bíblia841Como Nós Conhecemos a Deus?730Compromisso Com Deus969Confirme a Sua Reserva750Conhecimento da Verdade744Crescimento da Igreja e Salvação746Cristão Não Sofre843Cristianismo Apóstata755Cristo No Antigo Testamento773Críticas Ou Calúnias?744De Quem é a Terra Prometida?785Depressão: Como Sair?794Desobediência918Deus Age Na Nossa Fraqueza746Deus Em Tudo e Em Lugar Nenhum773Deus Manda, o Diabo Obedece331Deus Não É Mudo!757Deus, Irrelevante? Acredite, Se Quiser!743Deus, Os Sábios, e Estadistas749Dificuldades733Dízimos868Drogas, Uma Opção?773E Quando Deus Não Atende Nossa Oração?3798Encontrando Um Parceiro Ideal Para o Casamento754Enviados Para Iluminar761Erro Trágico756Eternamente Protegidos!707Eu Creio Em Milagres742Evidências do Novo Nascimento809Feiticeiros Na Igreja?816Filhos: Honra Teu Pai e Tua Mãe778Fui Comprado Por Jesus, e Você?733Guardemos Nossa Boca762Guiados Pelo Espírito Santo758Haja Paciência!762Igrejas Velhas Não Valem Nada761Imundície781Insatisfeito Com Sua Igreja?755Jejum, Uma Benção!764Jerusalém, a Cidade de Deus805Jerusalém, o Centro da Terra800Jesus Cristo Não Era Falho?737Jesus é o Santo Para Todos Os Problemas826Jesus, Nomes e Títulos751Jesus, Reencarnação de Davi?797Jonas, Verdade Ou Utopia?795Lágrimas783Lar Cristão: Marido e Mulher752Lave o Rosto754Loucos Por Dinheiro781Louvando a Deus Na Adversidade756Maldição Hereditária819Maomé X Jesus809Meios de Salvação775Não Zombe do Inferno781No Esconderijo do Altíssimo!745Nós e Os Ramos747Nova Era - o Velho Canto da Sereia769O Abc e Xyz da Salvação812O Batismo750O Céu e o Inferno741O Céu É Real750O Dízimo É Bíblico Ou Não?758O Dom do Espírito Santo734O Grande Mandamento, o Amor!767O Incompreensível Amor de Deus737O Movimento de Crescimento de Igrejas763O Não Querido das Nações745O Novo Nascimento Em Cristo748O Ocultismo Não Vem de Deus773O Olhar Perfurante de Jesus1231O Paraíso Será Restaurado750O Plano Divino da Salvação322O Que Fazer Quando Não Sei o Que Fazer?756O Que Fazer Quando Nossos Projetos Falham?446O Sofrimento de Cada Dia744O Valor do Perdão768Olhe Para Jesus Cristo Para Ser Salvo783OraÇÃo, Falar Com Deus!754Orai Sem Cessar877Os Crentes e a Grande Tribulação774Os Illuminati e a Nova Ordem Mundial752Palmeiras Ao Vento755Pare de Lutar Com Deus751Pecado e Perdão773Piercing e Tatuagem 858Por Que Celebramos a Páscoa?743Por Que Deus Justo e Perfeito Permite a Morte de Criancinhas e Tantas Mazelas No Mundo?735Por Que Os Judeus Não Receberam Jesus?759Por Que Somos a Última Geração822Por Que Tanto Ódio Aos Judeus?753Por Que Tanto Sofrimento?788Por Que Um Deus Bom Permite a Doença e a Dor?744Problemas Financeiros: a Solução734Protelar Por Que?747Quando768Quando a Sua Religião Se Torna Inútil417Que Deus Tremendo!754Que Livro Maravilhoso771Quebra de Maldição766Quem Será o Cruel Anticristo?719Raízes Profundas709Religião É Um Barco Furado749Religiões - Conheça a Verdade737Religiões: É Tudo Parecido?742Remissão dos Pecados769Ressurgir do Pó733Sepulcros Caiados742Ser Cristão704Será Que o Espiritismo é Bíblico?768Sinais726Sinais do Fim749Sinceridade Não Basta718Sintonize750Sob a Lei e Em Cristo783Sola Scriptura - Somente As Escrituras751Subir Ao Monte745Temos de Pregar Para Os Mortos748Três Ausências Que Conspiram Contra o Sucesso 759Tsedaká753Um Best-seller de Bênçãos!766Um Coração Apto Para Deus735Um Exemplo Ante o Sofrimento754Um Seguro de Vida Gratuito780Uma Mulher Vestida de Sol829Você Não Sabe o Que Está Perdendo743